terça-feira, 19 de maio de 2015

PESCADOR


Afoguei-me num pedaço de mar
Fruto do diário labor
Afoguei-me num pedaço de amar
no fisgar de um peixe, amor
mas subo e volto a pescar
pesca eterna
pesca dor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário